CONFIRA NOSSAS NOVIDADES NO BLOG!


Veja 6 principais causas da ansiedade e sintomas mais comuns

É comum e inerente ao ser humano sentir ansiedade antes de uma prova, antes de enfrentar algum desafio no trabalho ou mesmo diante de decisões difíceis do dia a dia. Afinal, estamos falando de uma emoção normal do ser humano. No entanto, é preciso conhecer as principais causas da ansiedade, visto que esse sentimento em excesso pode se tornar um grave distúrbio.

Em situações simples da rotina que aparecem a preocupação e o medo extremos para as pessoas que sofrem de distúrbios de ansiedade, além de até mesmo algumas manifestações físicas. Isso atrapalha sobremaneira suas atividades cotidianas, visto que esses sinais são difíceis de controlar.

Neste artigo você conhecerá as principais causas da ansiedade, os sintomas mais comuns e a importância de tratá-la. Confira!

As 6 principais causas da ansiedade

Esse sentimento que afeta o comportamento das pessoas de várias maneiras pode ser causado por uma série de fatores ou até mesmo pela combinação deles de forma simultânea. Vejamos as principais causas da ansiedade:

1. A genética

Os sentimentos de angústia, impaciência e aflição podem ser oriundos do histórico familiar de diversos transtornos de ansiedade. Vale observar se existem casos na família para identificar se há sofrimento do mesmo tipo de inquietação e desassossego.

2. O ambiente

A relação do ambiente com as principais causas da ansiedade está ligada a algum evento estressante ocorrido com terceiros ou com a própria pessoa.

Se ela sofreu algum tipo de trauma, algum abuso ou até mesmo testemunhou eventos traumáticos, está em maior risco de desenvolver o transtorno de ansiedade generalizada (TAG) em algum momento da vida.

3. A mentalidade

Essa causa, também conhecida como modelo mental ou de pensamento, é a maneira como a pessoa lida com as situações do dia a dia, e de que forma ela estrutura seus pensamentos.

4. As doenças físicas e hormonais

Os distúrbios de ansiedade provocados por doenças físicas e hormonais estão ligados principalmente a:

  • problemas cardiovasculares,
  • arritmia;
  • problemas respiratórios, como o DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica);
  • doenças hormonais — hipertireoidismo e hiperadrenocorticismo (aumento de atividade da glândula adrenal).

5. As dores crônicas

De fato, qualquer tipo de dor, especialmente quando muito forte, deixa a pessoa irritada, nervosa e ansiosa.

6. O abuso de drogas

O consumo em excesso de algumas drogas também provoca ansiedade, e isso inclui o cigarro, o álcool e até medicamentos benzodiazepínicos (ansiolíticos).

Os sintomas mais comuns

A principal base para concluir um diagnóstico e poder tratar a situação é identificar os sintomas de ansiedade. Obviamente, os sinais exibidos podem variar de acordo com cada caso. É preciso nos conhecermos para nos autoavaliarmos.

Tensão constante

Sentir tensão frequentemente é um dos principais sintomas da ansiedade. Afinal, a aversão ao perigo vislumbrado é irracional, e muitas vezes não tem um motivo aparente, com a possibilidade de aparecer de maneira inesperada. Assim, as tensões variam de acordo com cada pessoa.

No entanto, algumas são bastante frequentes em casos de ansiedade, como o medo de falar em público, o receio de perder o emprego ou até mesmo de sair de casa.

Insônia

As pessoas que sofrem com ansiedade têm grande dificuldade de desconectar seus pensamentos dos problemas e são capazes de remoer situações desafiadoras por um longo período de tempo. Nesse cenário, é comum que elas sintam dificuldade para relaxar e dormir com a frequência necessária.

Diante disso, qualquer contexto cotidiano ou aparentemente simples, assim como as tarefas a serem feitas no dia seguinte, são motivos para que elas desperdicem seus momentos de lazer. Portanto, quem tem ansiedade não consegue descansar.

Mesmo quando uma pessoa ansiosa adormece, o sentimento que fica é de cansaço, mesmo que tenha tido uma boa noite de sono. Isso sem falar sobre os sintomas como sono extremamente leve, pesadelos e corpo dolorido ao acordar devido à tensão.

Ressaltamos a importância de tratar os sintomas e as principais causas da ansiedade, visto que ela talvez se torne um problema maior. Para tanto, é fundamental procurar ajuda especializada o quanto antes a fim de recuperar a tranquilidade e ter a chance de viver muito melhor!

Se você achou que este artigo valeu para compreender melhor o assunto, descubra como controlar a ansiedade e tenha mais qualidade de vida!

Quer se qualificar e ser um SER HUMANO MELHOR?
Faça parte da nossa lista VIP de e-mails

Faça seu cadastro