CONFIRA NOSSAS NOVIDADES NO BLOG!


Veja 3 características da pessoa impaciente e descubra se você é uma!

Hoje, são muitos os fatores que contribuem para prejudicar o bem-estar e a qualidade de vida de uma pessoa. Entre eles está a rotina corrida, o excesso de preocupação com questões familiares, a pressão em cumprir metas no trabalho etc. Tudo isso colabora para que surja a impaciência, um sentimento que pode ser a porta de entrada para o surgimento de doenças mais graves, como a hipertensão, a ansiedade e a depressão.

Pensando nisso, elaboramos este post para que você entenda quais são as principais características da pessoa impaciente. Depois, fique por dentro de alguns aspectos que podem ser trabalhados para diminuir esse sentimento que pode ser tão prejudicial. Boa leitura!

Quais as características de uma pessoa impaciente?

A seguir, selecionamos as principais características da pessoa impaciente para que você identifique se algumas delas se enquadram em sua realidade. Confira!

1. Tinha características comuns de uma pessoa impaciente quando criança e adolescente

O primeiro passo para avaliar se você realmente é uma pessoa impaciente é analisando como foi a sua infância ou adolescência. Certamente, você não se lembrará com detalhes dos primeiros anos de sua vida, mas, com certeza, já ouviu alguns comentários sobre como era o seu comportamento.

Caso você tenha sido uma criança que chorava por qualquer situação devido aos mais diversos motivos, já pode ligar o sinal de alerta. Pessoas impacientes geralmente tiveram uma infância em que tudo devia ser de acordo com o que era desejado por ela — nada pode ser para depois, seja um brinquedo, seja algo que bateu a vontade de comer.

A adolescência de uma pessoa que não tem paciência para lidar com as adversidades também é marcada por alguns traços comuns. Geralmente, eles se irritam facilmente com os professores, não entendem as questões apresentadas e não enxergam a utilidade daquele período de aprendizado.

2. Demonstra irritabilidade no trânsito

O trânsito é o verdadeiro caos para uma pessoa impaciente. Até mesmo quando não há muito engarrafamento, ela não tem empatia para entender as mais complexas situações do dia a dia de uma cidade grande. São vários os xingamentos que ela destina para as pessoas e pode até mesmo se envolver em confusões por não concordar com o modo de dirigir dos outros motoristas.

No entanto, fique tranquilo: se irritar em questões específicas no trânsito é comum, afinal o número de veículos transitando pelas cidades está cada vez maior. O que não é normal é demonstrar irritabilidade continuamente, o que prejudica, inclusive, a sua saúde física e mental.

E engana-se quem pensa que a pessoa impaciente se demonstra estressada apenas quando está pilotando algum carro. Como pedestre, ela também transmite insatisfação com as pessoas que estão caminhando à sua frente e que são um pouco mais lentas — pode ter certeza que, nesses casos, ela xingará o outro pedestre nem que seja mentalmente.

3. Não gostam de enrolação

Uma das principais características da pessoa impaciente é procurar não desenvolver relações com aquele indivíduo que enrola muito para tomar alguma decisão ou não cumpre com o prometido para comparecer em determinados eventos. Se você marcou e não compareceu a algum encontro com uma pessoa sem paciência, pode ter certeza que ouvirá algumas verdades.

Além disso, são bastante práticas, especialmente no trabalho. Caso tenha que fazer alguma atividade, ela não faz rodeios e resolve logo da maneira mais objetiva.

4. Apresentam dificuldades para dormir

A pessoa impaciente é, geralmente, bastante ansiosa. No dia anterior já começa a pensar em todas as atividades a serem executadas no trabalho, assim como pensa frequentemente sobre os problemas enfrentados pelos filhos, pais etc. Isso tudo contribui para que as noites de sono sejam cada vez mais agitadas — quando conseguem dormir!

Esse tipo de característica da pessoa impaciente começa a prejudicar o seu dia a dia, uma vez que, ao dormir mal, também não consegue se alimentar adequadamente, apresenta dificuldades de concentração, assim como reduz a produtividade no ambiente de trabalho.

Como se tornar uma pessoa mais paciente?

É possível adotar algumas mudanças de hábito para se tornar uma pessoa mais paciente e reduzir as chances de ser acometido pelas consequências desse sentimento. Entenda!

Pense em coisas boas

Sempre que você for acometido por algum estresse, respire o fundo, preste atenção na sua respiração e pense em coisas boas. Lembra-se daquele fim de semana com a família que fez muito bem para o seu humor? Reviva esses momentos, se possível escutando uma boa música. Isso contribui para que o seu organismo libere serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar.

Tenha autoconhecimento

O autoconhecimento é essencial para desenvolver de maneira mais efetiva a paciência. Ao se conhecer profundamente, você saberá identificar o que mais provoca o seu mau humor, por que isso acontece e quais os momentos mais propícios que provocam irritabilidade. Assim, é possível traçar estratégias para evitar essas ocasiões.

Faça intervalos durante o trabalho

Os intervalos são essenciais para que você relaxe a cabeça, descanse e possa contornar situações diversas de maneira mais prática e racional. Ao longo do dia, pare por alguns minutos, vá ao banheiro, beba água e faça um lanche. Todas essas atividades podem contribuir para que você desenvolva a paciência de forma mais efetiva.

Reflita diariamente sobre as suas atitudes

Teve algum acontecimento que você realmente perdeu a paciência e falou tudo o que queria? Ao final do dia, quando estiver fazendo alguma atividade que proporcione relaxamento, reflita sobre essas situações. Pense no que pode ser melhorado para que elas não se repitam e trabalhe esse sentimento interno.

Escute o que as outras pessoas têm a dizer

Por fim, escute o que os outros colegas de trabalho têm a dizer e não atropele-os sempre que discordar de algo. O diálogo é a melhor maneira para que as pessoas cheguem a um consenso que seja o mais adequado para todos.

Neste conteúdo, você pôde entender quais são as características da pessoa impaciente e como é possível trabalhar essa questão em você. Conforme percebido, a impaciência pode causar diversos danos para a saúde, contribui para o surgimento de doenças, prejudica o sono e o relacionamento interpessoal. Por essa razão, é imprescindível adotar as práticas apresentadas para uma melhor qualidade de vida.

Deseja se aprofundar no assunto e entender como trabalhar a sua impaciência definitivamente? Continue no blog e boa leitura!

Quer se qualificar e ser um SER HUMANO MELHOR?
Faça parte da nossa lista VIP de e-mails

Faça seu cadastro