CONFIRA NOSSAS NOVIDADES NO BLOG!


Quando é hora de mudar de emprego? Veja aqui 6 sinais!

Estar engajado com a rotina do trabalho contribui tanto para a produtividade na empresa quanto para as relações pessoais. Afinal, quando não há motivação no local onde você passa grande parte do dia, consequentemente a sua vida privada será afetada. No entanto, o que causa muitas dúvidas às pessoas é em relação ao seguinte questionamento: quando é a hora de mudar de emprego?

Com o objetivo de chegar a essa decisão, é preciso considerar algumas variáveis. Pensando nisso, preparamos este post para que você entenda alguns sinais que comprovam que aquele é o momento certo para traçar novos caminhos. Continue a leitura e entenda!

1. Desmotivação e irritabilidade

A motivação é o que move a maior parte das pessoas no que diz respeito a sua rotina em um emprego. Por meio dela, é possível buscar inovações para as suas tarefas diárias, correr atrás de aprendizado constante, além de considerar constantemente contribuir para o crescimento de seus colegas. Quando ela não está presente, o trabalho fica afetado justamente por não executar algumas dessas atividades.

Como consequência, você vai desenvolver a impaciência, uma vez que apenas executará de maneira mecânica o seu trabalho. A partir disso, existe o risco de tratar mal as pessoas próximas, responder com rispidez argumentos em reuniões e até mesmo ocasionar em faltas constantes. Caso isso esteja ocorrendo com você, talvez seja o momento de repensar se aquele emprego é o ideal para seguir em frente.

2. Erros constantes

Este tópico está diretamente relacionado ao assunto anterior. Uma vez que você não tem motivação para aprimorar as suas técnicas e executar a rotina de forma eficiente, as chances de errar aumentam consideravelmente.

Isso se torna bastante negativo tanto para o colaborador quanto para a empresa, pois dependendo do erro, causará insatisfação de clientes e contribuirá para uma dor de cabeça ainda maior. Além da sua rotina de trabalho, será necessário resolver gargalos ocasionados pelos seus equívocos, o que aumentará o seu descontentamento pelo ambiente.

3. Chances de crescimento inexistentes

A ausência de um plano de carreira em uma empresa pode ser considerada um dos principais motivos para o aumento da taxa de turnover — ou seja, pessoas pedindo demissão constantemente. De fato, a partir do momento que você identifica que aquelas atividades já não mais permitirão o seu crescimento, a desmotivação chega, o que permitirá desenvolver tudo o que já foi descrito.

Caso você tenha percebido que aquela organização já não mais oferecerá oportunidades, talvez seja esse o momento de mudar de emprego. Assim, é possível procurar por empresas que estejam procurando por profissionais com as suas características, tanto pessoais quanto as suas capacidades técnicas.

Novos ares vão contribuir para que você busque por novos conhecimentos e procure por cursos de capacitação para se adequar a nova vaga, o que também será um acréscimo para a vida pessoal!

4. Valorização de outros aspectos da vida

No início da sua carreira ou até mesmo nos primeiros meses que você desempenhou o seu papel nessa empresa, os seus objetivos estavam voltados para se desenvolver profissionalmente e conquistar o cargo dos sonhos? É uma ótima meta para manter a motivação constante. No entanto, isso não quer dizer que ela se manterá por um longo período.

A partir do momento que a pessoa amadurece as suas ideias, novos valores podem ser acrescentados. Seja a necessidade de aproveitar mais tempo em família, seja o fato de desenvolver projetos pessoais que não conseguirão se aliar com a sua atual rotina.

Muitas pessoas buscam por um engajamento na vida pessoal a partir da realização de objetivos que se alinham a propostas que nada se relacionam com o dia a dia corporativo. Caso precise de outra atividade para suprir com as necessidades diárias, pode-se optar, por exemplo, por um emprego com carga horária menor. Assim, suas metas serão facilmente alcançadas.

5. Relações no trabalho estremecidas

As relações dentro da empresa precisam estar sempre positivas para que o clima organizacional seja propício para o engajamento dos profissionais. O trabalho em equipe é imprescindível para o desenvolvimento das tarefas e para o sucesso da empresa e do próprio colaborador. Se as relações estiverem estremecidas, além de não haver mais o ânimo para o trabalho, as atividades não serão executadas da maneira como devem que ser.

Isso vale também para a relação que você desenvolve com o seu líder. Imagine só a seguinte situação: existe o seu empenho de aplicar novas ideias e fornecer sugestões, mas o seu líder não se empenha nem sequer a escutar. Quando há o feedback, nem sempre traz as informações necessárias para o seu crescimento e para a melhoria constante dentro da organização. Certamente, isso fará com que o seu trabalho fique cada vez mais mecânico, prejudicando os seus resultados.

Esse é considerado outro sinal ideal de que está na hora de mudar de emprego e procurar por organizações em que há reciprocidade no aprendizado.

6. Insatisfação com o salário

Outro sinal bastante comum que as pessoas que desejam mudar de emprego percebem é em relação ao salário. Muitas vezes, há a sensação de que o trabalho não é valorizado da forma como deveria. Para o colaborador, isso está claramente refletido no próprio salário, bem abaixo do mercado.

Dessa forma, tenha autoconfiança e autoconhecimento para avaliar quais são as suas capacidades técnicas, o seu perfil como profissional, o que busca profissionalmente naquele momento e o que a empresa precisa oferecer para que a sua rotina volte a ser como era antes.

Hoje, existem plataformas para a busca de emprego nas quais é possível filtrar todas as informações necessárias para a vaga ideal. Assim, existe a chance de realizar entrevista apenas naqueles locais que se adequam às suas reais necessidades.

A partir da leitura deste conteúdo, conseguiu identificar quando é a hora de mudar de emprego? Caso tenha notado que existem um ou mais desses sinais em seu dia a dia, avalie todo o seu contexto, faça um exame de consciência e coloque na balança os prós e contras de sair em busca de novas oportunidades para que tenha êxito no que escolher!

Nesse contexto, o pensamento positivo contribui consideravelmente! Para saber mais sobre como desenvolvê-lo e o poder que tem para as suas decisões, continue no blog e boa leitura!

Quer se qualificar e ser um SER HUMANO MELHOR?
Faça parte da nossa lista VIP de e-mails

Faça seu cadastro