CONFIRA NOSSAS NOVIDADES NO BLOG!


Quais são e por que ter equilíbrio entre os 8 tipos de saúde?

Você sabia que a ideia de saúde enquanto entidade única já foi superada? De fato, o assunto vai muito além de manter o corpo em dia. Atualmente, diferentes faces ou aspectos se integram na criação de uma vida saudável: nada menos que 8 tipos de saúde devem ser equilibrados para o nosso completo bem-estar.

Muito tem se falado sobre o papel da saúde mental para uma vivência mais feliz. Hoje, além da grande importância de manter a mente tranquila, pilares como família, intelecto, profissão e até mesmo finanças são considerados peças-chave na conquista de um dia a dia mais pleno.

A seguir, saiba quais são os 8 tipos de saúde e por que é tão necessário atingir o equilíbrio entre todas essas esferas que se completam!

Quais são os 8 tipos de saúde?

Saúde Física

Esta é a saúde relacionada ao corpo físico e ao pleno funcionamento do organismo, assim como nossa atividade metabólica. Para cuidar dessa área, hábitos cotidianos como boa alimentação, exercícios físicos, descanso e check-ups médicos regulares são essenciais.

É importante acrescentar, aqui, que os outros tipos de saúde que veremos a seguir podem influenciar diretamente na saúde física. É o caso do nosso estado emocional: sentimentos conflitantes e mal-resolvidos muitas vezes comprometem a imunidade e o bem-estar corporal. Na mesma linha, crises de ansiedade podem disparar os valores de glicemia, por exemplo.

Saúde Intelectual

A perspectiva global da saúde também inclui a esfera intelectual, que abrange principalmente a procura por conhecimento e o autodesenvolvimento. Quando pensamos em conquistar uma vida mais feliz, é preciso considerar o aprendizado constante para aumentar a compreensão do mundo e das pessoas que nos cercam.

Essa aprimoramento contínuo é benéfico para nossos relacionamentos, nossa carreira, nossa vida pessoal e para a própria saúde física.

Saúde Familiar

Já parou para refletir sobre a importância central da família para uma vida realizada e plena de sentido? É necessário considerar a saúde familiar como vital para a manutenção dos laços emocionais, o bom relacionamento com as pessoas que contribuíram para nosso desenvolvimento e o nosso senso de pertencimento a um grupo.

Vale lembrar que a família não deve ser entendida estritamente no sentido biológico, mas em uma concepção mais ampla. Trata-se do grupo de pessoas que nos criaram, educaram e acolheram ao longo da vida.

Saúde Espiritual

Além de estar relacionada a crenças ou práticas religiosas e transcendentais que alimentam a nossa subjetividade, a saúde espiritual diz respeito principalmente ao contato de um indivíduo consigo próprio.

O autoconhecimento é a palavra-chave: quanto maior o contato consigo mesmo, maiores as chances de obter o que realmente trará felicidade, realização e plenitude no cotidiano.

Saúde Social

Desconhecido por muitas pessoas, esse é um dos 8 tipos de saúde que se referem ao coletivo, isto é, à nossa capacidade de nos relacionarmos com as outras pessoas e convivermos em comunidade.

A saúde social é fundamental para manter os laços com as pessoas que amamos e fortalecer as relações que nos fazem bem, assim como evitar o isolamento. A ausência de vínculos sociais, de fato, pode acarretar problemas físicos, emocionais e mentais, incluindo a depressão.

Saúde Financeira

Sim, suas finanças também compõem o entendimento holístico da saúde! De que forma você lida com seu dinheiro? Trata-se de uma relação que te traz segurança ou ansiedade? Muitas vezes, a maneira como administramos nossas contas reflete questões e problemas internos, que podem ser ajustados para uma vida mais plena e tranquila.

Fazer compras mais planejadas, evitar excessos de consumo e manter uma reserva para possíveis emergências são ações associadas à saúde financeira que podem ser implementadas no cotidiano.

Saúde Profissional

Realizar-se profissionalmente é muito importante para atingir a satisfação pessoal e validar habilidades e capacidades, independentemente da função desempenhada.

No entanto, vale destacar que a saúde profissional está relacionada ao equilíbrio entre produtividade e descanso, evitando exigências e cobranças excessivas acerca de entregas no trabalho.

Saúde Solidária

Você sabia que os benefícios do altruísmo e do trabalho voluntário são comprovados cientificamente? Tirar um tempo da rotina para ser solidário traz benefícios para a saúde física, emocional e mental.

Os impactos positivos da dedicação filantrópica incluem redução dos níveis de estresse, aumento da autoestima e da sensação de bem-estar, renovação da energia e equilíbrio emocional. No campo da saúde física, estudos com voluntários demonstraram o desaparecimento de problemas de insônia, úlceras, depressão e dor de cabeça, entre outros.

Por que é tão importante ter equilíbrio entre os 8 tipos de saúde?

É essencial ter em mente que o conceito de saúde vai muito além da simples “ausência de doenças”. Na própria definição da OMS (Organização Mundial de Saúde), trata-se de um “estado completo de bem-estar físico, mental e social”.

Nesse cenário, é preciso considerar que os 8 tipos de saúde são complementares e interdependentes. Se uma das facetas vai mal, outras se prejudicam, e a melhora de uma delas muitas vezes depende da evolução de um outro aspecto.

Cuidar do corpo, da mente, das relações com familiares e amigos, das próprias emoções e do trabalho: todos os tipos de saúde são igualmente importantes. Buscar o equilíbrio entre eles é sinônimo de autocuidado em um sentido global e completo, sem negligenciar nenhuma esfera da vida.

Saiba, inclusive, que a falta de alinhamento entre os eixos é a causa de muitas desordens físicas, mentais e emocionais. Equilibrar é preciso!

Como equilibrar as diferentes áreas para uma vida mais saudável?

Sabemos que, na correria da rotina e das obrigações, nem sempre conseguimos manter todas as áreas da vida em ordem — não somos super-heróis! De fato, é natural priorizar determinados tipos de saúde a depender da fase em que nos encontramos.

Fique tranquilo: a ideia, aqui, não é criar uma vida perfeita e inatingível. Problemas e contratempos continuarão a surgir. O propósito é simplesmente nunca deixar de buscar o equilíbrio.

O primeiro passo já foi dado: agora você conhece as 8 vertentes da saúde, e ter consciência delas é importante. A próxima etapa é a proposta de um exercício: liste, em um papel, as 8 saúdes, atribuindo uma nota de 0 a 10 para cada uma delas de acordo com a vida que você leva atualmente.

Esse exercício de reflexão pessoal é extremamente importante para que você entre em contato consigo mesmo e faça uma análise global das suas escolhas. A partir daí, analise o que pode ser feito para melhorar as saúdes com classificação inferior e manter aquelas que já estão positivas. Busque estabelecer metas realistas que possam ser aplicadas no seu dia a dia, mantendo a motivação em alta. Sempre é tempo de cultivar novos hábitos!

Vale destacar, aqui, algumas práticas que trazem impactos positivos para mais de um tipo de saúde, promovendo benefícios globais: atividades físicas prazerosas, alimentação saudável, mindfulness, tempo de qualidade com pessoas queridas e exercícios criativos (como escrever, desenhar, pintar e artes em geral).

Então, gostou do conteúdo? Esperamos que as informações contribuam para que você alcance uma vida mais plena! Para aprofundar sua busca por mais bem-estar, aproveite para conferir os benefícios do mindfulness para o desempenho no trabalho! 

Quer se qualificar e ser um SER HUMANO MELHOR?
Faça parte da nossa lista VIP de e-mails

Faça seu cadastro